Após ar-condicionado, cadela Hana tem a casa reformada no Tocantins


Casa da cadela ganhou cerca e telhas de concreto (Foto: Guaraí Notícias/Divulgação)

Dono diz que não pensa em quanto gastou para não perder o sono. Pessoas pedem para tirar fotos no local, mas a cadela não gosta

Chegou ao fim a reforma da casinha da cadela Hana, que ficou conhecida no ano passado após ganhar um aparelho de ar-condicionado só para ela. O dono do animal, Wyomar Ramos de Araújo, de 39 anos, diz que está satisfeito com o resultado e não fez contas de quanto gastou para não perder o sono. Eles vivem em Guaraí, na região central do Tocantins. 

A casa da cadela, uma pastor alemão, ganhou um telhado com telhas de concreto, forro de PVC, pintura e porta de vidro. Araújo diz que tudo foi pensado para dar bem-estar à cadela, que é o xodó dele e da família. Ele diz que a esposa ficou "meio brava" com os gastos, mas depois aprovou a reforma.

"Eu falava que ia fazer e ela já ficava brava. Depois de pronto, como já está feito mesmo, ela também elogiou e gostou do resultado", brincou o dono.

As obras não param por aí, Araújo também construiu uma calçada ao redor da casa e cercou o local. Para terminar, fez uma fossa séptica apenas para os dejetos da cachorra.

"É gratificante proporcionar bem-estar para minha cachorra. Por isso eu não paro para pensar quanto gastei. Fiz de coração sem querer aparecer nem querer nada em troca", disse Araújo, que é apegado a Hana desde que ela era filhote.

O homem contou ainda que teve ajuda de amigos para terminar as obras e ganhou alguns materiais. Como a tinta e a mão de obra da cerca e da pintura. Antes mesmo da reforma ficar pronta, o homem afirma que a casa da cadela virou ponto turístico na cidade.

Assédio
Depois que ganhou repercussão nacional, Araújo conta que várias pessoas já pararam e pediram para tirar fotos na casa. Após a reforma ficar pronta, um casal pediu para entrar no local com uma outra cadela, mas Hana não gostou nada da ideia.

"Era um casal do Paraná. Eles pediram para tirar foto e levaram a cadela deles. A Hana ficou brava e não queria deixar a cachorro entrar. Tive que colocar a focinheira e segurar para deixar o pessoal entrar", comenta Araújo.

Após fazer rápidas contas, ele resolveu dar uma média de quanto gastou com os mimos para o xodó da família. "Devo ter gastado uns R$ 5 mil."

Entenda
Um morador de Guaraí surpreendeu a todos na cidade ao instalar um ar-condicionado na casinha da cadela de estimação. Araújo conta que colocou o aparelho para dar mais conforto à Hana, uma pastor alemão de um ano e um mês. Segundo ele, a cadela é sensivel ao calor intenso do Tocantins. Nos dias mais quentes do ano a sensação térmica pode chegar a até 50° em algumas regiões.

Tanto calor fazia com que Hana ficasse inquieta, agoniada e o ar-condicionado foi necessário para dar mais conforto a ela. Afinal, a cadela é quem guarda e vigia a casa do dono, que ainda não tem muros e por isso ela tem que ficar presa.

Fonteportal g1


Últimas Notícias