Alunos de SC criam aparelho que faz economizar com o ar-condicionado


Felipe participou do projeto (Foto: Reprodução/RBSTV)


Sistema mede temperatura e histórico da sala antes de ligar equipamento. Também é possível desligar via internet algum ar-condicionado ligado.

Alunos do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) de Criciúma, no Sul do estado, criaram um aparelho "inteligente" para ajudar a economizar a energia gasta com ar-condicionado. O sistema mede a temperatura e histórico da sala antes de ligar o equipamento. Também é possível desligar via internet algum aparelho que tenha ficado ligado.

Os alunos do curso de mecatrônica pesquisaram e trabalharam durante dois anos no projeto. O aparelho calcula a temperatura ideal para cada ambiente e é possível programar para o ar-condicionado ligar minutos antes de uma sala ser usada.

"O que a gente percebe com os usuários é que às vezes a gente quer o conforto rápido do ar-condicionado. Então, coloca, por exemplo, em 16ºC, 17ºC, quando o aparelho nunca chega a isso, na verdade. Isso acaba gerando um excesso de consumo", explicou o professor Adilson Jair Cardoso.

"Esse sistema mede a temperatura da sala, verifica o histórico daquela sala, daquele ambiente ao longo do ano, verão, inverno, primavera, e aí habilita ou não o uso daquela sala de aula para o uso do ar-condicionado", continuou.

Outro diferencial é o formato. Não é necessário desmontar o aparelho pra fazer a instalação. "O nosso sistema foi feito justamente para isso, para ser um adicional no aparelho de ar-condicionado. Não tem nenhuma ligação física, nenhum contato físico com o aparelho. Tem um sistema que é plugado externamente ao aparelho. Ele funciona como um adicional, sem perder a garantia ", disse o aluno Felipe Bez Fontana.

Economia no IFSC O protótipo foi instalado em 10 aparelhos do IFSC em Criciúma e ainda passa por testes. A expectativa é que a conta de energia diminua em até 10%. No campus, a economia pode chegar a R$ 2 mil por mês no verão.

"E também não deixando que o aparelho fique ligado à noite, fim de semana, como às vezes acontece. O usuário esquece, isso pode acontecer. Ele sai rapidamente para algum problema pessoal e o controlador desse processo pode ir à internet, verificar se o aparelho está ou não ligado e desligá-lo", disse o professor.

Como o sistema foi criado dentro de uma instituição federal, a tecnologia está disponível de graça para quem tiver interesse no projeto.

"Se tiver um empreendedor, alguém que queira desenvolver essa ideia, nós somos totalmente abertos a fornecer essa solução que a gente usou e, inclusive, ajudar no possível desenvolvimento futuro dessa mesma ideia", finalizou o professor.
Fonte: G1
Data da Publicação: 23/12/2015


Últimas Notícias